Em meio a lençóis, coroas de flores, pouca maquiagem e o contraste entre um figurino sofisticado e ao mesmo tempo simples, surge Beyoncé no editorial para a Vogue Americana de setembro. O destaque desta edição são as fotos do jovem Tyler Mitchell, de 23 anos, primeiro fotógrafo negro a fotografar para a capa da revista de moda, que tem mais de 125 anos de história.

Na outra versão da capa da revista ela aparece de Alexander McQueen. Divulgação:Tyler Mitchell

Beyoncé revela em entrevista à Vogue porque gostaria de trabalhar com o jovem que ela chama de fotógrafo brilhante. Segundo ela, até que haja um mosaico de perspectivas vindas de diferentes etnias por trás das lentes, continuaremos a ter uma abordagem estreita de uma visão de como o mundo realmente se parece.

Neste click a cantora aparece de Gucci. (Divulgação:Tyler Mitchell)

“Quando eu comecei, 21 anos atrás, me disseram que era difícil para eu entrar em capas de revistas porque os negros não vendiam. Claramente isso foi provado um mito. Não só é um afro-americano na capa do mês mais importante para a Vogue, esta é a primeira capa da Vogue tirada por um fotógrafo afro-americano”, disse Beyoncé.

“É importante para mim ajudar a abrir portas para artistas mais jovens. […] Imagine se alguém não tivesse dado uma chance às mulheres brilhantes que vieram antes de mim: Josephine Baker, Nina Simone, Eartha Kitt, Aretha Franklin, Tina Turner, Diana Ross, Whitney Houston, e a lista continua. Eles abriram as portas para mim e rezo para que eu faça tudo o que puder para abrir as portas para a próxima geração de talentos”, afirmou a cantora.

Figurino Louis Vuitton com sapato Alberta Ferretti. (Divulgação:Tyler Mitchell)

As fotos revelam uma Beyoncé madura em que ela reflete sobre os aspectos da gravidez e aceitação corporal. Por isso, nesta sessão ela optou por não usar as perucas e extensões de cabelo e usar pouca maquiagem.

“Depois do nascimento do meu primeiro filho, acreditei nas coisas que a sociedade dizia sobre como meu corpo deveria parecer. Eu coloquei pressão sobre mim mesma para perder todo o peso do bebê em três meses, e agendei uma pequena turnê para garantir que eu faria isso. Olhando para trás, isso foi uma loucura. Eu ainda estava amamentando quando realizei os shows do Revel em Atlantic City em 2012. Depois dos gêmeos, eu me aproximei das coisas de forma muito diferente”.

Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.

msisdn