Chegou a vez dos asiáticos mostrarem sua beleza. E a vencedora da noite foi a representante das Filipinas, Catriona Gray, de 24 anos. O evento, que aconteceu no último domingo, dia 16 de dezembro, em Bangcoc, Tailândia, reuniu 90 candidatas de todo o mundo em sua 67ª edição.

O segundo lugar ficou com a sul-africana Tamaryn Green e o terceiro com a venezuelana Sthefany Gutiérrez. A amazonense, Mayra Dias, de 27 anos, representou o Brasil e ficou entre as 20 finalistas do concurso.

Catriona Gray representante das Filipinas ficou com o 1º lugar, a sul-africana Tamaryn Green com o 2º lugar, e o terceiro com a venezuelana Sthefany Gutiérrez. (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

Durante o concurso, que premiou as concorrentes ao vivo, as candidatas responderam questões como legislação sobre a maconha, refugiados, liberdade de imprensa e o movimento #MeToo (movimento que promove a reflexão sobre o assédio sexual).

A vencedora Catriona Gray é modelo e possui mestrado em musicologia. Seu ativismo em movimentos sociais também impactou os jurados, já que a candidata é ativista na luta contra o HIV.

A brasileira Mayra Dias foi a representante do Brasil no concurso. (Foto: Lillian Suwanrumpha/AFP)

O júri do evento era composto pelas empresárias e as vencedoras de concursos anteriores. O Miss Universo 2018 contou ainda com a participação da representante da Espanha, Angela Ponce, de 27 anos. A primeira candidata transgênero a participar do concurso.  

Angela Ponce é a primeira candidata transgênero a participar do concurso. (Foto: Lillian Suwanrumpha/AFP)

 

Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.

msisdn